quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Nós Dois no Espaço do Tempo

Oh Darling!
Ando sentindo falta de você.
Do seu violão, da nossa música.
Da sua mão, das brincadeiras.
Ando lembrando do tempo do
"abre a boca e fecha os olhos".
Ando pensando em ti todo o tempo.
E então, percebo a falta que a gente faz,
que traz toda aquela alegria da harmonia da nossa voz.
Do encontro, da música, das nossas vozes juntas,
perfeito como um órgão.
Um instrumento afinado,
desafinando no espaço do tempo
longe de nós.
Tão longe nós, eu sei...
Mesmo perto.
Mas isso não é certo.
Não vou ficar muda e vou mudar isso.
Vamos.
Vou gritar praí, te trazer pra cá, me levar pra ti.
Te voltar pra nós.
Nos voltar assim.
Daquele jeito, assim...
Que assim, desse jeito, não pode.
É pecado.
Quero de novo, hoje e sempre,
o nosso instrumento tão afinado.

Pro meu irmão

. video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente,eu gosto...